fbpx

Planejamento financeiro para empresa: o que é e como fazer?

planejamento-financeiro

12 de julho de 2022

O primeiro passo para efetivar as ideias de um negócio de sucesso é começar pelo planejamento financeiro. O dinheiro em caixa é o que faz uma empresa nascer, se manter e evoluir. Nesse sentido, as finanças bem-organizadas a partir dessa ferramenta de gestão impulsionam a organização da direção de suas metas.

O planejamento e a organização dos recursos financeiros de uma empresa podem estabelecer seu tempo de vida, sucesso e gerar sustentabilidade para negócio. Por isso, a importância estratégica e extremo cuidado com essa etapa é fundamental para garantir o sucesso de qualquer empreendimento.

Contar com uma equipe de profissionais e parceiros especializados em montar um planejamento de finanças é essencial para que o plano de ação seja bem executado e o objetivos alcançados. Ainda assim, existem algumas dicas e informações universais para a realização do plano ideal para o seu negócio.

Pensando nisso, você pode conferir neste artigo a explicação de alguns conceitos referentes ao tema, bem como sua importância e diversas instruções sobre como fazer um planejamento financeiro para empresas. Boa leitura!

O que é um planejamento financeiro?

O planejamento financeiro empresarial integra uma parte do plano de negócios, ou seja, faz parte de todas as diretrizes de planejamento para tornar uma empresa real e viável. Basicamente, essa ferramenta indica o plano de rentabilização da empresa, garantindo o controle e equilíbrio de caixa, margens de lucro e acompanhamento dos indicadores fundamentais.

Apesar de traçar metas, o planejamento financeiro não é responsável pela exata previsão do ritmo e nível de crescimento da empresa  — pois essa questão depende de diversos fatores. No entanto, essa é uma ação decisiva para o crescimento do negócio, pois o plano pode trabalhar com projeções, direcionando futuras despesas e investimentos, suprindo as necessidades da companhia para aproveitar os recursos financeiros de maneira eficiente.

Qual a importância de um planejamento financeiro para a empresa?

Independente do porte, o planejamento financeiro é essencial para projetar a acompanhar a saúde econômica do negócio. Os empreendimentos nascem de diferentes ideias e demandas do mercado, mas todos eles têm um objetivo em comum: gerar lucro. Por isso, planejar e estabelecer onde se deseja chegar é um modo de garantir que a organização não caminhe à própria sorte.

planejamento-financeiro-empresa

Além de potencializar os resultados financeiros, a importância desse tipo de planejamento se resume ao fator de orientação que esse documento é capaz de fornecer, a fim de alcançar as metas de curto, médio e longo prazo. Desse modo, decisões mais bem fundamentadas e assertivas também podem ser tomadas sem comprometer as finanças da empresa.

Em resumo, um planejamento financeiro consegue contribuir para um desenvolvimento empresarial economicamente sustentável, gerando perspectivas de crescimento e sucesso. A empresa que consegue controlar seu fluxo, mantendo-o sempre em equilíbrio, embasa e inicia seu negócio partindo de uma visão totalmente estratégica.

Como fazer o planejamento financeiro?

Saber como fazer um planejamento financeiro para empresas é o passo fundamental. E, na maioria das vezes, as dúvidas ficam por conta por onde começar e o que considerar em um plano desses. Pensando nisso, trouxemos aqui algumas dicas e recomendações para a execução de um bom planejamento.

1. Diagnóstico do momento atual

Geralmente, a análise do momento atual ou inicial de uma empresa é o primeiro passo para a maioria dos planejamentos estratégicos. Para um plano financeiro isso não seria diferente. Fazer um diagnóstico da saúde financeira da sua empresa, compreender a situação atual e verificar os recursos disponíveis são passos importantes para saber em que direção conduzir o negócio.

O mapeamento de custos e despesas, por exemplo, pode integrar a etapa de diagnóstico. Isso porque levantamentos como este levam a melhor compreensão da estrutura de gastos da organização, identificam oportunidades e impeditivos, e tornam possível uma previsão realista e alcançável.

2. Projeção de cenários

Trabalhar com a possibilidade de diferentes cenários é uma prática importante, principalmente em situações de crise. Por isso, dentro do processo de planejamento financeiro, baseie-se em tendências mercadológicas e nos dados da sua empresa para projetar situações boas e críticas. Dessa forma, o seu negócio saberá exatamente como agir e quais decisões tomar em cenários distintos.

3. Decisão de metas e objetivos

Levantando em consideração a análise da sua empresa e os cenários projetados, o seu planejamento precisará também contemplar uma etapa de definição das metas financeiras. Elas precisam ser estabelecidas de acordo com o que é relevante para o empreendimento e considerar o plano estratégico em sua totalidade.

Basicamente, esse é o momento em que são determinados quais resultados a empresa deseja alcançar da ótica financeira. Vale lembrar que esses objetivos precisam ser factíveis para o perfil e o momento da organização, não apenas para serem realizados, mas também para que as áreas e colaboradores se sintam engajados.

4. Elaborar e executar plano de ação

O plano de ação serve para colocar em prática tudo o que foi pensado até então. Ele engloba todas as atividades práticas que precisam ser executadas para tornar o planejamento financeiro real e alcançar as metas estabelecidas.

Essas ações podem envolver mais economia ou investimento, corte de custos, venda de ativos ou maiores prazos de pagamento, mas tudo isso dependerá das metas principais definidas no plano financeiro.

5. Acompanhamento de métricas e resultados

Assim como todo e qualquer plano, o controle financeiro empresarial do seu negócio também precisa ser acompanhando de perto. Desse modo, você garante que os objetivos sejam atingidos ou, no mínimo, consegue acompanhar o seu ritmo de crescimento. Assim, é possível entender se são necessárias calibragens nas ações ou se está tudo acontecendo como planejado.

Um planejamento financeiro empresarial sólido pode depender de muitas questões. No entanto, alguns passos essenciais, como os que trouxemos aqui, podem direcionar boa parte das decisões que precisam ser tomadas para sua construção. Ainda, vale lembrar que essa ferramenta servirá como um guia para as suas tomadas de decisão e, para facilitar tornar esse documento ainda mais estratégico, existem tecnologias, softwares e até mesmo empresas totalmente especializados nisso.  

Publicações relacionadas

O que é capilaridade empresarial?

O que é capilaridade empresarial?

Nos últimos anos, a terceirização de serviços tem se tornado uma decisão cada vez mais estratégica para empresas de...