fbpx

Profissionais líderes ou gerentes das diferentes áreas de uma empresa costumam trabalhar em projetos e iniciativas distintas entre suas áreas. Porém, é indubitável que eles têm um objetivo em comum: aumentar as vendas do negócio — principalmente tratando-se de comércios varejistas.

Neste cenário, ações comerciais são essenciais para gerar resultados financeiros. Estratégias de trade marketing, sistemas integrados ao ponto de venda (PDV) e qualidade no atendimento são apenas algumas práticas que podem gerar ganhos significativos para a organização.  

Todo o planejamento deve buscar atender ao propósito de gerar a melhor experiência de compra e usabilidade possível ao cliente final. Atualmente, com o crescimento da competitividade dos mercados e a exigência de entregas de excelência para os públicos, o desafio de satisfação e alcance de expectativas fica cada vez mais absoluto.

É nesta situação que as soluções de TI conseguem impulsionar as táticas de vendas, pois os softwares de gestão podem otimizar as transações e atender os novos comportamentos de compra.  

O TI em PDV consegue gerar interações entre frentes importantes no processo de venda. Manter o ponto em funcionamento eficiente é requisito básico, mas investir em ferramentas que automatizam os processos dessa operação é uma escolha que maximiza os ganhos e diminui os desafios do mercado.

Com isso, confira como o TI pode melhorar a gestão de PDV e contribuir ainda mais para o sucesso da sua empresa.  

O que é PDV? 

PDV - Ponto de vendas

PDV é a sigla utilizada para ponto de venda, local físico de interação entre o consumidor e a marca.

Neste lugar existem grandes possibilidades de geração de receita, pois a experiência de visualizar e até mesmo de testar o produto em tempo real pode ser um fator importante na decisão de compra.

Essa prática também é conhecida como frente de caixa, por que está atrelada ao uso de um software para a realização das vendas, mantendo a integração direta entre sistemas de controle de estoque, documentos fiscais, formas de pagamento e muito mais.

Dessa forma, o PDV torna-se um facilitador do processo de vendas em vários aspectos, principalmente na automatização de empresas varejistas.  

O sistema de PDV funciona como um terminal. Além de trazer informações para uma única interface, ele armazena, recebe e transmite dados importantes em quaisquer transações financeiras, como o uso de cartão de crédito, emissão de notas, registros de caixa, entre outros.

Nesse quesito, o ponto de venda torna-se também uma ferramenta essencial para o controle financeiro, devido à sua interligação nos registros de entradas e saídas do caixa.  

Entretanto, são diversos os modos de se usar as funcionalidades que as ferramentas ou softwares de PDV podem proporcionar. A facilidade empregada ao processo de realização e finalização da compra é um de seus principais benefícios, não apenas para o comércio, mas também na melhoria do atendimento ao cliente.

As pessoas consumidoras valorizaram serviços ágeis e de qualidade e, nesse sentido, o ponto de venda age com a função de atrair e fidelizar seus públicos com a agilidade que PDV pode promover.

Como o TI pode ajudar na gestão do PDV? 

A boa gestão do PDV é fundamental para que ele funcione com eficiência. Além disso, o manuseio destes sistemas no dia a dia não se limita a pequenas ações de uso.

Para empresas, pequenas ou grandes, este é um software primordial para muitos processos na operação de marketing, vendas, prestação de contas e muito mais, pois são capazes de gerar relatórios de performance para que as equipes trabalhem ações de melhorias ou no aproveitamento de oportunidades, como estratégia de preços e promoções especiais.  

Desse modo, a tecnologia da informação aplicada ao PDV ajuda não apenas na escolha ou instalação destes softwares, mas também no suporte do funcionamento de suas integrações.

Estes sistemas conseguem reduzir custos, pois substituem gastos que poderiam ser empregados a outros serviços, gerando maior economia e impactando no aumento de vendas. Além de tudo, esse fator interfere diretamente na melhoria das margens de contribuição do negócio.

Benefícios da TI na gestão do PDV

Por estes e diversos outros motivos, o investimento em soluções de TI na gestão do PDV é uma escolha vantajosa. Confira alguns dos principais benefícios sobre o uso da tecnologia da informação na otimização do ponto de venda:  

1. Automatização do processo de venda 

Os comandos e funções do sistema permitem que todas as atividades no processo de vendas sejam automatizadas, como o cálculo de produtos, emissão de nota fiscal, atualização de preços no sistema, entre outros. Ainda, o ponto de venda não diz respeito ao modelo fixo de uma máquina.

Seu software pode ser utilizado em dispositivos móveis para acompanhar o vendedor em qualquer lugar do estabelecimento, tornando a eficiência na venda e o acesso às informações ainda mais prático.  

2. Aumento da produtividade 

O software usado na gestão de PDV diminui o tempo gasto em determinadas atividades. Com a atualização constante do sistema, os colaboradores têm acesso garantido a todas as informações em tempo real.

Além disso, eles não precisam realizar atividades operacionais ou repetitivas, podendo alocar seus esforços em tarefas mais estratégicas, que trarão mais valor para o negócio e para as vendas — como o atendimento ao cliente, por exemplo.

3. Gestão das mudanças e transações 

A gestão de PDV envolve a coordenação de muitas coisas, principalmente de informações. Talvez alguns dos componentes mais importantes seja a administração dos dados de transações, pois são eles que permitem que as atividades de venda sejam concluídas.

Esse gerenciamento pode ser composto por liberações de pedidos, registro de ofertas, cancelamento da venda, pedidos de reembolso e muito mais. Sua principal função é validar a informação para processar qualquer cálculo ou liberação de pagamento e venda. 

4. Melhoria do atendimento ao cliente 

Além das vendas, todos os benefícios citados impactam em um propósito maior: a satisfação dos clientes. A experiência de compra e a gestão do relacionamento com as pessoas são fundamentais para que qualquer função de PDV seja executada com sucesso.

O TI pode tornar um ponto de venda ágil, minimizando as chances de erros e padronizando as atividades da rotina de vendas. Desse modo, acontecimentos como demora no atendimento, informações incorretas de preço ou frustração das expectativas de compras são reduzidas ao máximo. Muitas das vezes, o varejista garante o aumento da taxa de fidelização e, consequentemente, da lucratividade.  

Sabendo que um software de gestão de PDV contribui para o sucesso do negócio, também é necessário ter uma equipe de suporte preparada para lidar com qualquer problemática. É por isso que muitos varejistas optam pela terceirização do serviço de TI.

Empresas que não conseguem alocar um departamento em lojas e comércios, ou possuem filiais espalhadas por diversas cidades e estados, podem optar por um fornecedor especialista.

FindUP, por exemplo, oferece soluções tecnológicas que podem ser solicitadas de forma descomplicada por meio do field service. Em sua plataforma de atendimento, um técnico de TI pode ser acionado para ir até uma loja e prestar o atendimento necessário. A principal vantagem é que isso acontece em apenas algumas horas o que torna o atendimento mais rápido, principalmente em datas comerciais importantes.