fbpx

Como a TI pode auxiliar na logística da empresa?

logística de TI

24 de janeiro de 2022

O ramo logístico se resume à movimentação e estoque de mercadorias, mas seus efeitos dentro de uma organização vão muito além dessa única atividade. Desse modo, para impulsionar ainda mais os resultados que as funções logísticas conseguem trazer para a empresa, pode ser essencial entender as vantagens da relação desse setor com outras áreas da organização, como a de Tecnologia da Informação, por exemplo.

Em um mercado de competitividade e produção cada vez mais intensos, aderir à automatização de tarefas e otimização de procedimentos é uma ação importante para qualquer empresa que queira escalar e alcançar bons resultados, maior lucratividade e destaque. Não diferente disso, as empresas consideram cada vez mais a implementação de sistemas que as ajudarão a mitigar os riscos no ramo logístico

Empresas que dependem altamente de serviços logísticos para a distribuição de produtos ou atendimento de seus colaboradores precisam contar com um serviço rápido e eficiente. Desse modo, para ajudar o seu negócio a se destacar quando se trata do setor de logística, reunimos um conteúdo repleto de informações que auxiliarão você no assunto. Confira!

Qual a relação entre TI e logística?

processo logística

A logística atua como uma das áreas mais importantes para a consolidação e o sucesso de um negócio. Métodos de abastecimentos da cadeia de produtos, controle de estoque e processamento de entregas são apenas algumas das tarefas cotidianas do ramo que exigem atenção e, ao optar fazê-las manualmente, ocorre mais lentidão e o processo se torna mais vulnerável à erros.

Uma cadeia de suprimentos mais produtiva surgiu graças ao aprimoramento da tecnologia. Vários desses avanços são responsáveis ​​pelo progresso do setor de logística em atividades do dia a dia. Por esses motivos, é quase impossível imaginar um setor tão relevante para o desenvolvimento de uma empresa sem um suporte tecnológico eficiente. Hoje, o setor de TI em organizações que buscam alta performance na cadeia de processos logísticos serve de assistência para o desenvolvimento de novas estratégias e é essencial para alavancar resultados da área.

Vantagens de integrar o setor de TI com a área de logística

Atividades como abastecimento, armazenamento e distribuição lidam com situações cotidianas complicadas e uma alta demanda de informações. Contar com uma equipe de TI possibilita autonomia na resolução de problemas que possam atrapalhar o desenvolvimento do serviço. 

As empresas que entendem os benefícios de contar com profissionais de TI e como eles podem ajudar em suas experiências logísticas ganham destaque no mercado. Dentre essas vantagens se encontram:

  • Diminuição de erros na cadeia de produtos
  • Agilidade nos processos de entrega e distribuição
  • Redução de custos
  • Eficiência no planejamento e controle de estoque
  • Melhoria na comunicação interna
  • Vantagem competitiva
  • Aumento da lucratividade

4 ferramentas de TI que vão potencializar os processos logísticos

A TI se encontra presente em inúmeros cenários, e por meio do apoio das ferramentas desenvolvidas na área, o mercado pode criar expectativas quanto à eficiência e qualidade da melhoria dos processos, principalmente no que se refere ao controle logístico. As melhores práticas logísticas variam de acordo com a natureza do negócio e suas decisões de produto, mas o processo é sempre complexo.

Recursos que garantem agilidade são a chave para a eficiência. Para ficar por dentro de algumas dessas principais tecnologias, separamos algumas ferramentas que garantem otimizar tarefas diárias e fornecer maior visibilidade nas operações da área logística. Confira:

1. GPS e ferramentas de rastreamento

Consumidores modernos criam altas expectativas em relação ao rastreamento e as atualizações de seus pedidos. Para garantir a melhor experiência possível aos clientes, as ferramentas atuais de GPS tornam o rastreamento em tempo real um método para melhor comunicação e acompanhamento sobre onde está a mercadoria no momento.

Essa prática adiciona certo nível de transparência ao setor de logística, fator de extrema importância em qualquer negócio. As ferramentas de rastreamento GPS também não são apenas para clientes, é possível também aplicar com fornecedores, e até mesmo as suas próprias operações podem se beneficiar com isso.

2. Enterprise Resource Planning (ERP)

O ERP (gestão de recursos empresariais) é uma ferramenta valiosa para gerenciar melhor sua logística ao lidar com transações de atacado ou distribuição. Este conjunto integrado de aplicativos de negócios automatiza as operações diárias, como contabilidade, recursos humanos (RH) e gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM).

No entanto, também pode melhorar a logística da sua empresa por meio do gerenciamento de estoque e da cadeia de suprimentos. O software ERP pode melhorar a logística em várias áreas, incluindo a gestão de inventário, da cadeia de abastecimento, transporte, remessa e relatório financeiro, entre outros.

3. Supply Chain Management Software (SCM)

O software de gerenciamento da cadeia de suprimentos, conhecido como Supply Chain Management (SCM), é uma ferramenta moderna essencial para empresas que desejam obter alto desempenho, diminuir falhas e custos operacionais. O recurso ajuda os operadores a acompanhar todas as etapas e processos vitais que ocorrem em toda a cadeia de abastecimento. Visando otimizar os processos logísticos, com o SCM é possível criar alertas sobre status, previsão, transporte e gerenciamento de pedidos, bem como as operações do dia a dia.

4. Electronic Data Interchange (EDI)

O processamento de pedidos é extremamente importante para qualquer cadeia de suprimentos e, como tal, as ferramentas oferecem suporte a todas as funções, como processamento, gerenciamento atendimento de pedidos de vendas, faturamento, pedido em dinheiro, entre outros.

Esses recursos de otimização da cadeia de suprimentos podem automatizar a maioria das atividades envolvidas no processamento de pedidos usando um software EDI e tecnologia semelhante para capturar diretamente os dados dos pedidos. EDI é um termo usado para explicar como os sistemas se comunicam entre si para permitir a transferência de dados. Em vez de responder manualmente aos pedidos dos clientes por fax ou e-mail, o EDI acelera o processamento dos pedidos e acelera as respostas aos pedidos dos clientes.

Mas conta para a gente, e a sua empresa? Já conta com algum desses sistemas? Caso não saiba por onde começar, empresas especializadas em serviços de TI, como a FindUP, podem ajudar na escolha e planejamento dessas soluções. 

Publicações relacionadas