fbpx

O que é RPA e quais os benefícios para a TI?

RPA

21 de dezembro de 2021

RPA (Robotic Process Automation), também conhecido como automação robótica de processo, é uma tecnologia que simplifica o manuseio de tarefas repetitivas e operacionais por meio de um software. Serviços que antes exigiam atenção de diversas pessoas agora podem ser realizados por um processo que é até cinco vezes mais rápido. No setor de TI, por exemplo, a introdução de uma solução de RPA pode resultar em produções mais assertivas, resolução rápida de problemas e processos otimizados.

Entender o que é RPA em meio às transformações digitais é extremamente importante, visto que a ferramenta é considerada uma forte aliada na rotina das organizações.

Neste post você poderá entender o que está por trás do RPA e os seus principais benefícios para a equipe de TI. Confira!

RPA e suas funções na empresa

O RPA é uma solução capaz de facilitar a criação de um software robô especialmente para a automação de processos empresariais. A ferramenta também pode cumprir o papel de monitorar essas operações e realizar a governança de atividades em áreas variadas.

robot process automation

O nome em inglês, Robotic Process Automation, significa automação robótica de processo, e seus fundamentos são pautados na utilização de robôs que, por meio do software, são capazes de automatizar tarefas e processos repetitivos.

O RPA funciona a partir do transporte de informações que os desenvolvedores identificam ao determinar as tarefas que serão executadas pelo sistema. Isso pode acontecer pela entrada automática de dados, integração e comunicação entre ferramentas e outras possibilidades que a tecnologia viabiliza. O foco é gerar mais produtividade, evitar as falhas humanas, mitigar riscos, reduzir custos operacionais e garantir mais precisão nos processos em ambientes digitais.

Quais os benefícios do RPA na área de TI?

O departamento de TI abrange todas as tecnologias e recursos computacionais que operam na organização. O setor trabalha na implementação constante de melhorias digitais nas soluções usadas e oferecidas pela empresa, que podem ter muito sucesso ao usar a inovação do RPA.

Ao aderir o sistema, as equipes da área de TI terão a possibilidade de automatizar os fluxos de trabalho, além de minimizar o tempo de resolução de chamados e problemas recorrentes, possibilitando o aumento da produtividade, focando na melhoria contínua, diminuindo a necessidade de retrabalhos e ampliando o sentimento de satisfação de colaboradores e clientes.

5 formas de utilizar RPA nas operações de TI

O RPA está transformando a maneira como as empresas operam. A forma como a organização aumenta a capacidade de fazer negócios ao permitir que o time dê respostas mais rápidas aos clientes, por exemplo, demonstram os inúmeros ganhos que podem ser obtidos com a robotização de tarefas.

Para entender como essas vantagens podem ser executadas nas operações de TI, separamos 5 maneiras de utilizar o RPA no setor de Tecnologia da Informação. Acompanhe!

1. Rotinas de manutenção

Com o objetivo de garantir a qualidade continua no serviço, o sistema RPA pode ser utilizado para executar verificações de rotina nos servidores, aplicativos e outros sistemas, a fim de garantir que estejam em pleno funcionamento. Esse monitoramento é importante para evitar falhas que podem comprometer as operações do negócio. A ferramenta consegue alertar os profissionais de TI sobre os problemas identificados para que a equipe conduza os reparos necessários.

2. Monitoramento dos servidores

Para evitar perdas e garantir a continuidade nos negócios, o monitoramento dos servidores é indispensável, e o RPA pode auxiliar na reconfiguração ou reinicialização automática do servidor quando apresentar problemas. Tal ação auxilia as organizações na redução de custos operacionais e evita o risco de inatividade dos serviços.

3. Desbloqueio e redefinição de senha

O suporte de TI fornece todos os cuidados necessários para as configurações de usuários e senhas. A atividade de redefinição e desbloqueio de acessos pode ser automatizada nas empresas com o uso do RPA e, dessa forma, os profissionais de TI conseguem alocar seu tempo em execuções mais críticas para o negócio. A problemática é sanada quando o robô passa a ser o responsável por verificar os detalhes do usuário e definir as senhas. Além de tudo, essa prática é altamente favorável para a melhoria do SLA no atendimento dos públicos deste setor.

4. Criação e limpeza dos e-mails corporativos

Em diversas companhias, a rotatividade de projetos e colaboradores é grande. Por isso, é comum que a tarefa de criação e exclusão de contas de e-mails sejam realizadas diariamente. O RPA pode auxiliar na automatização das etapas manuais desses processos de manutenção de contas de e-mail corporativo.

5. Processo de restauração e backup

Com a aplicação do RPA o fluxo de trabalho é integrado aos robôs. O backup e a restauração podem ser executados de forma automática, de modo a assumir as tarefas manuais e repetitivas que geralmente fazem parte do escopo de atividades do setor de TI. Desse modo, é possível evitar a perda ou fazer a recuperação de arquivos importantes, que podem ser deletados a partir de alguma interação humana. Com o processo automático de backup e restauração, o fluxo do suporte de TI passa a ser mais fluído e econômico.

As novidades do mercado de TI ressaltam a infinidade de processos que podem gerar maior aproveitamento produtividade das empresas ao redor do mundo. Mas nos conte aqui, o seu negócio já conta com um sistema RPA? Empresas especializadas em serviços de TI, como a FindUP, podem ajudar na escolha e planejamento dessa solução. Mas, se a sua companhia já usa com esse tipo de recurso, fale sobre os principais ganhos que ele trouxe para o seu negócio e sua equipe de TI.

Publicações relacionadas