fbpx

Projetos de TI: como montar um planejamento de sucesso

planejamento projetos de ti

24 de maio de 2022

O processo de planejamento integra iniciativas e rotinas de trabalho de diversas áreas e, no setor de tecnologia, essa prática não seria diferente. Para um projeto de TI eficiente e de sucesso, é necessário que as equipes e lideranças considerem suas forças, estratégias, necessidades e todos os itens de impacto direto nas entregas da empresa.

As execuções da área de TI estão diretamente relacionadas a aspectos de inovação. Muitas companhias consideram novas ideias e soluções digitais itens imprescindíveis para que um planejamento cumpra a função de alavancar os resultados e o sucesso do negócio.

Além de tudo, o trabalho de TI inclui um escopo que vai além da resolução de problemas. Nesse sentido, um planejamento bem-feito, com escopo, objetivos e metas bem definidas, repercute na geração de valor de qualquer entrega feita pelas pessoas técnicas e profissionais da área — além de considerar todo suporte que o core business e as demais áreas da empresa precisam.

Desse modo, no intuito de auxiliar você e sua equipe na construção de um planejamento eficaz para os projetos de TI, confira mais sobre métodos, benefícios e abordagens que podem ajudar nesse processo.

Definição e metodologias para um projeto de TI

A escolha de uma metodologia de projeto pode ser um passo essencial na hora de traçar um plano. Os serviços entregues pela área de TI podem depender de muitos contextos, principalmente da composição da infraestrutura do setor.

No entanto, e independente do tamanho da dimensão do seu negócio ou do tamanho da sua equipe, para montar um planejamento estratégico e de sucesso, uma boa gestão de projetos de TI fará toda a diferença e, nesse quesito, a definição de um método eficaz consegue ajudar no detalhamento de tarefas, propósitos e afins. Esse tipo de organização aumenta eficiência de um plano bem executado e minimiza as falhas no fluxo.

planejamento projetos de ti e metodologia

As metodologias trazem um conjunto de ferramentas que auxiliam no desenvolvimento, implementação e acompanhamento de um projeto. Elas contemplam todas as decisões importantes para um processo fluido e com resultados de excelência, como prazos, responsáveis, artefatos, cronograma, dependências e muito mais.

Existem algumas estruturas muito comuns no cenário de gestão de projetos. Algumas das metodologias que você pode considerar no momento da criação de um planejamento de TI são:

  • Ágil: um método que usa um framework conhecido como Scrum e trabalha com o formato de colaboração, documentação e interação dos membros ao longo dos processos, tudo isso numa rotina de sprints e em configuração de squads.
  • Kanban: é uma metodologia visual que organiza as tarefas em etapas, colunas e status. Nessa opção, o objetivo é que seja feito somente o necessário, para que uma atividade tenha início, execução e fim.
  • Cascata ou Waterfall: o modelo é um dos mais tradicionais e orienta que uma nova etapa do projeto só começa quando as anteriores são finalizadas.

Existem diversos outros processos de construção e administração de projetos, estes são apenas alguns dos mais recorrentes. No entanto, para escolher seu melhor processo para criar um planejamento de projetos de TI, considere sempre seu contexto de negócio e as necessidades das equipes.

Os benefícios de um planejamento eficiente para projetos de TI

Assim como as variadas metodologias de mercado que existem para definir o escopo e o planejamento de trabalho, um projeto de TI ainda passa por algumas etapas de execução para tornar os caminhos mais orientados e as entregas mais robustas.

Consequentemente, todos esses caminhos trarão diversos benefícios e vantagens para os profissionais de TI, seus stakeholders e para o negócio de forma geral, como:

  • melhoria dos fluxos de monitoramento;
  • diminuição de custos e alocação mais assertiva de recursos;
  • comunicação transparente e mais integrada;
  • visão única dos resultados e fluxos;
  • aumento da produtividade dos times;
  • redução de falhas e riscos.

Como montar um planejamento eficiente e de sucesso?

1. Análise do cenário — mercado e concorrência

Primeiro, análise o momento atual da sua empresa e o cenário global em que o negócio se encontra. Faça um diagnóstico detalhado, inclua concorrências, tendências e oportunidades que poderão ajudar nas decisões e estratégias a curto, médio e longo prazo.

Não se esqueça de olhar para a situação interna também. Uma avaliação dos recursos e estrutura dos times poderão na identificação de suas forças e fraquezas, além de mapear as reais necessidades e soluções necessárias para o momento em que o negócio se encontra.

2. Decisão dos objetivos de negócio

Parece uma dica simples, mas muitas companhias entram em ação sem objetivos claros traçados. Essa é uma prática essencial para direcionar as iniciativas e tarefas do dia a dia, tanto para os profissionais de TI quanto para os colaboradores e áreas diretamente relacionados com o alcance das metas da empresa.

Além de tudo, a decisão de objetivos ajuda alocação de pessoas e esforços nos trabalhos ideais, colaborando para a eficácia do projeto e mais assertividade no processo.

3. Mapeamento das soluções

Após traçar caminhos e análises, esse é o momento de pensar na efetivação da jornada do projeto de TI. A partir de todo relatório levantado, considere as soluções disponíveis para alcançar os resultados esperados pela empresa e, enfim, começar a colocar todo seu plano em prática.

4. Alocação dos recursos e execução do plano

Não esqueça de considerar os indicadores de performance das incitativas do projeto. Isso quer dizer que você precisa de métricas para monitorar o caminho e o sucesso do projeto. Desse modo, o setor de TI poderá executar as tarefas programadas e avaliar as execuções em andamento.

5. Calibração e monitoramento

As métricas nos ajudam a acompanhar os efeitos e resultados das entregas. Essas informações exercem a função de confirmação ou calibragem da rota caso alguma coisa não esteja saindo como planejado. Ao considerar as medidas corretivas a partir dos dados é possível reverter ou melhorar a situação do projeto de TI.

6. Contratação de uma empresa especializada

Por fim, lideranças precisam manter o foco estratégico nas ações que impactam positivamente os resultados do core business. Nessa situação, muitos negócios optam pela terceirização do plano estratégico de TI, já é comum que muitos deles sejam idealizados por empresas altamente capacitadas no segmento.

Publicações relacionadas